Nossa Historia

Situada à entrada da cidade de Bananal na estrada velha Barra Mansa - Bananal. Pertenceu ao capitão-mor de Bananal, Hilário Gomes Nogueira, descendente de famílias mineiras que no final do século XVIII desceram das Minas Gerais para abrir fazendas de café ao longo do caminho novo. Em 1822, Hilário Gomes Nogueira colheu em sua fazenda das Três Barras 500 arrobas de café, exportando-as para o Rio de Janeiro. Possuía 86 escravos e além de café cultivava milho, arroz, feijão e criava porcos para o comércio de toucinho. No dia 16 de agosto de 1822, Hilário Gomes Nogueira recebeu e hospedou em sua fazenda das Três Barras, o Príncipe Regente Dom Pedro e sua comitiva que viajavam para São Paulo.

O ex-presidente Juscelino Kubitschek também costumava hospedar-se na Fazenda Três Barras, em Bananal, que pertencia ao amigo César Pires de Melo. O local era utilizado para descanso e encontros amorosos.

"O quarto que o JK ocupava é o único que mantém o mobiliário da época e muitos de nossos clientes fazem questão de hospedar-se nele. Mantivemos também os canos que seguram as cortinas e que foram colocados no local a pedido de dona Sarah (Kubistchek, esposa de JK), copiando o que havia no Palácio do Catete (sede da presidência no Rio de Janeiro até a inauguração de Brasília)".

Entre em contato com a gente

Formulário de contato

Mensagem Enviada com sucesso

Obrigado por entrar em contato conosco. Entraremos em contato assim que for possível.

Mapa do Site